Como se forma a remela?

Aquela pelota amarela ou branca que se forma no canto dos olhos quando acordamos é uma espécie de sobra das lágrimas. Essencial para a lubrificação dos olhos, a lágrima é formada por 3 componentes: uma camada de muco, que aprisiona partículas de poeira; uma camada líquida, que fornece sal, proteínas e outros componentes importantes para a saúde da córnea; e uma camada gordurosa, mais externa, – secretada pelas glândulas de Meibomius – que ajuda a prevenir a evaporação da lágrima na superfície do olho. Depois que as lágrimas são produzidas, elas se espalham pelo olho graças ao movimento de abrir e fechar das pálpebras. O excesso do fluido lacrimal é empurrado para o canto do olho, junto com poeira e todo tipo de sujeira que chega à nossa visão. À noite, nossas glândulas lacrimais reduzem a produção da parte aquosa da lágrima – absorvida pelo duto lacrimal –, mas continuam a produzir muco e gordura. O ressecamento dessa meleca dá origem à remela – ou ramela, as duas formas estão certas.
Sempre tive essa curiosidade, então resolvi postar a vocês.
Texto Yuri Vasconcelos / Ilustração Erika Onodera

2 Responses to Como se forma a remela?

  1. Beatriz disse:

    nossa esse negocio da remela e igual que eu copiei no meu caderno…

    eu estou estudando sobre a remela sabia??

    Bjos bia!!

  2. edirlan disse:

    pq o meu amanhece todo branco com uma especie de remela, como um lente..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: